Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Turismo e Cultura
Início do conteúdo da página

Turismo e Cultura

Publicado: Quarta, 26 de Julho de 2017, 15h03 | Última atualização em Quarta, 02 de Agosto de 2017, 11h26 | Acessos: 586

Museu Getúlio Vargas

Localizado na Avenida Presidente Vargas, 1772, o prédio histórico que hoje em dia abriga o museu Getúlio Vargas foi construído em 1910, e serviu como residência de Getúlio Vargas, de sua esposa Darcy Sarmanho e dos 5 filhos do casal. A casa museu traz em si a arquitetura característica do século XIX, com o assoalho de madeiras largas, paredes grossas e o teto alto, além de um acervo repleto de histórias do ex-presidente, o que proporciona aos visitantes dar uma volta ao passado.

Clique sobre a foto para ampliar

Memorial Casa João Goulart

Localizada, no centro da cidade, na Avenida Presidente Vargas n° 2033, a casa onde viveu o ex-presidente João Belchior Marques Goulart foi construída em 1927 e em 2009 foi restaurada e transformada em museu para homenagear o filho ilustre desta terra. No memorial é possível relembrar a trajetória política do ex-presidente Jango como era conhecido.

Clique sobre a foto para ampliar

Museu Apparício Silva Rillo

Fundado em 1969, ainda não tinha um nome específico, sendo chamado apenas de Museu Municipal. Seu acervo trazia características da história de São Borja, desde sua fundação até a atualidade. Cinco anos depois, passou a ser denominado divisão de biblioteca museu e arquivo histórico municipal.

O Museu conta com uma valiosa coleção estatuária missioneira, além de peças de escultura em madeira da época das Missões Jesuíticas e diversos motivos religiosos em arte barroca. O Museu Aparício Silva Rillo fica localizado na Rua Albino Pfeiffer n°84.

 

Museu da Estância- Os Angüeras

Criado em 1982, o Museu Ergológico de Estância, foi fundado pelo grupo amador de artes “Os Angueras”, e está localizado na Rua João Palmeiro, n° 2318. O local abriga um acervo mobiliário da década de 1920, que retratam como era a lida campeira naquela época. Na linha folclórica, o museu da Estância é um dos únicos museus especializados em ergologia campeira do Brasil e um dos mais importantes do Estado. 

Clique sobre a foto para ampliar

Cais do Porto

O Cais do Porto está situado no bairro do Passo, as margens do Rio Uruguai e é uma das opção de lazer mais atraente da cidade pois dispoẽm de um belíssimo nascer e pôr do sol, além de diversos bares conhecidos por servir o melhor peixe da região. No local também acontecem eventos tradicionais como o famoso concurso de marchinhas para carnaval, o concurso de bandas escolares para o 7 de setembro, as homenagens e finalização das procissões de Iemanjá e Nossa Senhora dos Navegantes, dentre outras atrações que são promovidas pela Prefeitura Municipal.

Ponte da Integração

Através da Ponte da Integração é possível visitar a República Argentina e desfrutar de excelentes atrações. Em Santo Tomé, por exemplo, há diversos passeios e lugares que valem a pena conhecer nessa cidade missioneira.

 

 

Monumento Tricentenário

A cidade de São Borja foi fundada em 1682 e este monumento foi inaugurado em 1982, em homenagem aos 300 anos do município. O monumento localiza-se próximo à rodoviária, em uma das ruas de entrada da cidade, Rua Eurico Batista da Silva.

 

Estação da Cultura

O prédio inaugurado em 1913 e construído como parte da Estrada de ferro que ligava Barra do Quaraí e Itaqui, atualmente é a Estação Cultural, que abriga o arquivo histórico, a Banda Municipal e o CCSB.

 

Túmulo Maria do Carmo

O local é conhecido por ser o lugar onde ela foi morta, onde seus restos mortais foram descobertos e também é local onde costumam relatar aparições de sua imagem.

 

Cemitério Jardim da Paz

Local onde estão sepultados o ex-presidente da República João Goulart e o ex-governador Leonel Brizola, além da família Vargas. Lá também estão os restos mortais de Barão de São Lucas e do republicano abolicionista Apparício Mariense da Silva.

 

Mausoléu Getúlio Vargas

Projetado por Oscar Niemeyer, esta obra foi inaugurada em 2004, na passagem dos 50 anos de falecimento do grande estadista brasileiro e São-borjense. No local estão depositados os restos mortais de Getúlio Vargas.

 

 

Cemitério Paraguaio

No local, há uma cruz e um pórtico lembrando a batalha e os mortos no combate, toda a região serviu de palco para a batalha contra os paraguaios comandados por Solano López, que invadiu o Brasil por São Borja, em 10 de janeiro de 1865.

 

Crédito Imagens
 
Cemitério Paraguaio:  Ricardo Dutra Fraga
Estação Férrea:  Ricardo Dutra Fraga
Mausoléu Getúlio Vargas:  Ricardo Dutra Fraga
Museu Getúlio Vargas: Patric Aranda

 

Fim do conteúdo da página